03/11/2014

Houses to love




© Masao Nishikawa / via Archdaily

O Japão é um sítio onde sempre desejei ir. Pelas tradições, pela história, pela comida (quem não gosta?) e sobretudo pela arquitectura. Os arquitectos japoneses conseguem transpor na arquitectura um simples pensamento de uma maneira quase subtil ao ponto de me deixar completamente hipnotizada. A vivência destas pessoas é completamente diferente da vivência de uma casa no ocidente. E é isto que me deslumbra tanto. Esta casa, pelo arquitecto Takeshi Hosaka, chama-se Love House, foi desenhada para um casal e transpôs para a arquitectura a criação do mundo segundo a religião cristã.

Japan has always been a place i dreamed about visiting. For its traditions, history, food (who doesn't like Japanese food?) but above all, because of its architecture. Japanese architects are able to translate into space a simple thought in such a subtle way in which leaves me completely hypnotized. That's what I like it about so much. This house is by Takeshi Hosaka, and it's called Love House, was made for a couple and it translates into space the origins of the world in the Christian view.

27/10/2014

This Weekend #2

Esta semana foi de loucos! Todos os dias foram uma correria de um lado para o outro e o tempo passado em casa foi praticamente resumido a comer e dormir. Por isso este fim de semana foi uma dádiva, descanso total, actualizar os sonos (pareceu que assim que fechava os olhos, acordava logo a seguir!), ler a minha recém chegada The Gentlewoman, finalmente, e para aproveitar ainda o bom tempo e calor (sim, ele ainda cá está) para dar um passeio ao fim do dia. E ainda bem que a hora mudou este sábado!

Ps. Experimentei a plantar um abacateiro. Será que ele se aguenta? Stay tuned!

This week was completely crazy! Everyday I was running around from place to place and the amount of time spent home was next all about dinner and sleeping. So this weekend was a gift, total relaxation, I could finally catch up on my sleep (the moment I closed my eyes, it was morning), reading my recently arrived The Gentlewoman, finally, and to have a little late afternoon walk around the neighborhood. And thank god for the extra hour!

Ps. I tried planting an avocado tree. Will it endure? Stay tuned!

20/10/2014

This weekend #1

O calor continua por estes lados. Sim, estamos em finais de Outubro e hoje saí à rua de t-shirt ao final de tarde. Por um lado é bom ter o calor a perdurar por mais tempo, mas por outro faz lembrar que o inverno vai aparecer de repente sem avisar e aqueles dias de outono de que gosto tanto vão ser só dois ou três.

A casa nova continua sem muita coisa, pesquiso incessantemente a internet por mobília ao meu gosto e que se enquadre no orçamento, tinha uma peça que andava a namorar há algum tempo, mas ainda não a tinha conseguido comprar, de repente quando ia decidida a compra-la, já não havia! Alguém me tinha ficado com ela! "ok, não há problema" disse para comigo, mas a tentar controlar uma "lagriminha", haverão mais. Bem dito, bem feito, este sábado, passei pela Loja do Gato Preto (só mesmo à porta, nem sequer entrei) reparo nesta mesa que eles tinham à entrada, ainda mais bonita do que aquela que tinha andado a ver. E que era menos de metade do preço da outra! Não há mesmo coincidências!

Warm weather stills lingers around here. It´s the end of October and today I wore a t-shirt when I went outside by the end of the afternoon. When we think of it, its good for this warm to still be here, but then I remember that winter is coming (yes, game of thrones' reference here!) and those autumn days I love will only be two or three, the most.

The new house is still here but without many things, i search the web incessantly looking for a piece of furniture that I like and on budget. There was this piece I was prowling for some time now, but I couldn't buy it just yet, so when I went to it, it was gone! "OK", I said to myself, "there's no problem" but with an internal cry. So this saturday, I was passing by this store  and by the entrance, there it was. A better looking table than the other one, and by half the price too! There are no coincidences!

Por cá está a Feira de Santa Iria, aproveitei para passar por lá para tirar umas fotos e comer a fartura, uma espécie de tradição minha.

Feira de Santa Iria is in town, stopped by to take some pictures and to eat my anual fartura treat, a tradition of mine, sort of. 




04/10/2014

Madeira - Gathering with friends

Madeira 2013
Uma das coisas que mais gostei na minha viagem à Maderia foi a possibilidade de passar uma noite rodeada de amigos, com musica e muitos risos, debaixo de um céu estrelado e poder testemunhar o nascer do dia.
Baía d' Abra fica situada na posta este da ilha e é um sitio perfeito para fazer uma levada.

One of the things I liked the most about my trip to Madeira was the possibility of spending a night which friends singing songs and laughing underneath a starred sky and being able to witness the rising sun.
Baía d'Abra is located in the eastern end of the island and is a perfect place for a levada, traditional Madeira's hiking.
Madeira 2013Madeira 2013 Madeira 2013 Madeira-2013 Madeira 2013

23/07/2014

Madeira - Funchal

Em Setembro passado visitei a Madeira. De todo o Portugal, o único sítio que me faltava visitar eram as ilhas. Desta vez foi a Madeira a escolhida. Fui a convite de uma amiga madeirense que de vez em quando me chateava para visitar a ilha, e desta vez aceitei. Não me arrependo claro, apenas de não ter ido mais cedo! Não é por acaso que lhe apelidam de "Pérola do Atlântico"!

Last September I had the chance to visit Madeira. With the Azores, it was the last place for me to visit in Portugal. I was invited by a friend of mine from there, who had tried to convince me many times to go, and so the last time she tried, I accepted. The only thing I regret though is that I didn't take the opportunity to go sooner! It's obvious why it's called "Atlantic's Pearl".

Nos primeiros dias aproveitámos para passear apelo Funchal, bom tempo sempre a favor, mas ocasionalmente umas nuvens a criar um tempo nublado que também não ficaram nada mal e ajudaram a criar um ambiente típico da ilha. 

The first days were all about enjoying the city, the weather was very good, with the occasional clouds just perfect to create that typical island ambience.

O centro histórico está cheio de barzinhos e restaurantes ao estilo tapas, o conhecidíssimo Mercado das Lavradores cheio de flores e fruta (confesso que algumas nem conhecia, outras nunca tinha visto embora o nome conhecesse), pode-se facilmente entrar dum lado do Mercado e sair de lá tendo provado tudo de graça!
À porta provei finalmente o bolo do caco com carne de vinha d'alhos, um verdadeiro tesouro.

The old city is filled with little shops and bars in marrow streets, the Lavradores' Market has exotic flowers and fruits everywhere, some I didn't even knew they existed. You can enter on one side of the building and and get out in the other end, having tasted everything and for free!
I've tried at last the famous "Bolo do Caco" with a special seasoning they make, such heaven!


E claro não esquecer o Jardim Botânico, antigo pertence de uma das famílias inglesas da ilha, donde podemos ver todo o Funchal (inclui subidas bastante íngremes, mas valem bem a pena).

Visited the Botanical Garden, which belonged to an english family, where you can see all of the city.


19/07/2014

A preparar-me para um fim de semana de descanso total, com a minha sobremesa/lanche favorito do momento, iogurte grego, banana, mirtilos e chia.
Bom fim de semana a todos!

Getting ready to for a perfect weekend of total relax, with my favorite dessert of the moment, greek yogurt, bananas, blueberries and chia.
Have a great weekend everyone!

16/07/2014

Novos caminhos



Desde que fui estudar para fora que vivi em casas partilhadas, desde compartilhar só com uma pessoa até com mais quatro. A escolha dos colegas de casa nunca depende muito de nós, portanto podemos ter muito boas experiências como péssimas. Resumindo, nunca sabemos o que nos vai calhar, nem quanto tempo vamos ficar. Nunca podemos comprar muita coisa, (mudanças, heim), da mobília somos o usuário número x, nunca podemos estar à vontade (viver e acontecer apenas num quarto de 2,5 por 4 não é grande coisa), temos sempre medo que estejamos a entrar na vida privada dos outros, desarrumação é uma coisa que devemos evitar ao máximo, mesmo que ao contrário isso aconteça poucas vezes, trazer amigos ou relacionamentos amorosos é bastante complicado, ou seja, nunca somos o suficientemente chegados para estarmos bem.
Isto para mim estava a tornar-se bastante repetitivo, sair de uma casa por certas razões e entrar noutra para acontecer o mesmo ou pior, já não era uma coisa que eu quisesse fazer. 
Depois de um ano a trabalhar no que gosto e a ganhar alguma confiança em mim mesma para seguir em frente, levaram-me a tomar uma decisão que desde sempre guardei para realizar no momento certo da minha vida: viver sozinha.